Get Adobe Flash Player. Embedded with the help of embed-swf.org.
Inês de Castro nas Artes PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Cantado por poetas, descrito por cronistas e biógrafos o mito de Inês de Castro foi, desde muito cedo, perpetuado tanto na literatura como nas artes plásticas.

UM TEMA DE SEMPRE
De sempre? Ainda há mais alguma coisa a dizer? Alguém se interessa ainda por essa história?
São perguntas que me fazem muitas vezes e para as quais as respostas têm de ser afirmativas, embora com alguma reserva para a segunda, vejamos. A razão da perenidade do tema tem a ver com a atracção que a história de um grande amor exerce, mesmo na época materialista em que vivemos. A oposição fria da política — da civitas romana — ainda hoje desperta simpatia e compaixão sem limites pelas suas vítimas, como o prova o interesse em torno do Duque de Wíndsor, que perdeu a coroa de Inglaterra para não renunciar ao seu amor, e também do que se adivinha no comportamento do actual Príncipe de Gales. Comparado com a de outros pares sempre citados a propósito de tragédias desencadeadas por um amor apaixonado, que desafia todas as forças adversas — Dido e Eneias, Tristão e I solda, Romeu e Julieta, por exemplo — o episódio dos amores de Pedro e Inês tem a vantagem de ter sido real e estar amplamente documentado na História...

Maria Leonor Machado de Sousa
in “Pedro e Inês um tema de sempre”
mostra-nos essa realidade.

Actualizado em Terça, 02 Março 2010 12:21