Entrega do Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2013

A entrega do Prémio Literário Fundação Inês de Castro, que distingue anualmente obras de expressão literária sobre motivos do mito “inesiano”, decorreu no passado dia 15 de Março, na Quinta das Lágrimas, em Coimbra e contou com a especial presença do Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier.

Mário de Carvalho recebe o Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2013 da mão do Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier.

O escritor, Mário de Carvalho, foi premiado pelo seu livro de contos “A Liberdade de Pátio” da Porto Editora. O premiado, romancista, contista, dramaturgo e argumentista, tem a sua obra traduzida em várias línguas, tendo-lhe sido já atribuídos diferentes prémios literários. A título do Prémio Fundação Inês de Castro receberá um troféu de prata e pedra, da autoria do escultor João Cutileiro, que simboliza todo o drama e mistério que rodeia o episódio de Pedro e Inês.

O júri do prémio – composto por José Carlos Seabra Pereira (presidente), Mário Claúdio, Fernando GuimarãesFrederico Lourenço Pedro Mexia – decidiu ainda distinguir a obra do poeta Gastão Cruzcom o Tributo de Consagração Fundação Inês de Castro 2013.

Esta é a sétima edição deste prémio anual e nas suas anteriores edições foram distinguidos Pedro Tamen, pelos poemas de “Analogia e Dedos” (2007), Teolinda Gersão, pelo volume de contos “A Mulher Que Prendeu a Chuva e Outras Histórias” (2008), José Tolentino de Mendonça pelo livro de poesia “O Viajante Sem Sono” (2009), Hélia Correia pelo livro “Adoecer” (2010), Gonçalo M. Tavares pela obra “Uma viagem à India” (2011) e Maria do Rosário Pedreira pelo livro “Poesias Recolhidas – A Ideia do Fim (2012). Com o Tributo de Consagração Fundação Inês de Castro foram distinguidas as obras de Urbano Tavares Rodrigues (2007), António Osório de Castro (2008), Manuel Alegre (2009), Vasco Graça Moura (2010), Fernando Echevarría (2011) e Almeida Faria (2012).

Pedro Mexia apresenta o vencedor do Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2013, Mário de Carvalho.
Vista geral da Mesa enquanto Pedro Mexia apresenta a vida e obra de Mário de Carvalho.
Mário de Carvalho, vencedor do Prémio Literário Inês de Castro 2013, agradece a distinção da obra “A Liberdade de Pátio”.
Vista geral da sala onde foram entregues o Prémio Literário e Tributo de Consagração, na Quinta das Lágrimas.
O troféu de prata e pedra, da autoria do escultor João Cutileiro.
Frederico Lourenço apresenta o vencedor do Tributo de Consagração Fundação Inês de Castro 2013, Gastão Cruz.
Gastão Cruz, vencedor do Tributo de Consagração Inês de Castro 2013, agradece a distinção e lê alguns dos seus poemas.
Cristina Castel-Branco, Presidente da Fundação Inês de Castro, passa palavra ao Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier.
O Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, encerrou a sessão com uma reflexão sobre as palavras de “circunstância”. Falou sobre a legitimidade do poder e do modo como, por vezes, se torna difícil reconhecê-la.
José Miguel Júdice cumprimenta os convidados depois da sessão de entrega de prémios.

Créditos: Francisco Pedro